Bairros de Roma: 10 “Quartieri” para você conhecer

bairros de roma - trastevere

Antes de mais nada, a divisão dos bairros de Roma é um pouco complicada e acaba gerando muitas dúvidas. Segundo, a classificação da Prefeitura, os bairros (quartieri) de Roma seriam 35. Estes, por sua vez, têm subdivisões chamadas “rioni”. Mas, isso fica só na teoria, pois na prática para facilitar, todos

E certamente, durante o planejamento da sua viagem, você vai se deparar com nomes como Testaccio, Trastevere, Monti, e tantos outros. Sendo assim, para ajudá-lo a se familiarizar com os nomes, conheça 10 entre os principais bairros de Roma.

 

Coppedè

Afastado dos principais pontos turísticos movimentados de Roma, ao norte do caos ao redor da Estação Termini, você encontrará o Quartiere Coppedè. Localizado entre os dois principais parques de Roma, Villa Borghese e Villa Torlonia, o bairro é o destino ideal para um passeio tranquilo.

bairro coppedê em roma

É realmente uma parte especial da cidade que não tem nenhuma semelhança com a Roma Antiga. Em síntese, parece um lugar que saiu de um conto de fadas. Esta atmosfera deve-se ao arquiteto Gino Coppedè, que por volta de 1915 recebeu liberdade do município de Roma para construir uma série de casas únicas.

O que fazer no bairro Coppedè

  • Passeie pelas ruas ao redor da Piazza Mincio, que é o coração do bairro.
  • Admire todos os detalhes: mosaicos, pinturas, dragões e outras criaturas monstruosas, um relógio de sol, chaminés pequenas, toldos engraçados, varandas, janelas…

 

Bairros de Roma: EUR

Há mais de setenta anos, Roma se preparava para uma Exposição Universal, que deveria ter ocorrido em 1942 na Cidade Eterna. No entanto, a 2ª Guerra Mundial jogou tudo por água abaixo.

bairros de roma - eur

Quando foi decidido o cancelamento da Expo, uma grande área já havia sido desmatada. Sendo assim, após a guerra, criou-se lá um bairro inteiramente novo, que recebeu o nome de Esposizione Universale di Roma, ou EUR para abreviar. Sem dúvida, é um dos bairros de Roma mais especiais.

Veja também: Tour em português no Bairro EUR

O que ver no EUR

  • O Coliseu Quadrado, símbolo do EUR e da arquitetura fascista
  • Museu da Civilização Romana, onde se encontram o Museu Astronômico e o Planetário, bem como objetos incríveis da exposição de 1938 dedicada à Roma Imperial.
  • A igreja dos Santos Pedro e Paulo, a única basílica da cidade erguida na segunda metade do século XX

 

Flaminio

O bairro Flaminio foi o primeiro bairro a ser construído segundo o plano de construção de 1909. O objetivo deste plano era fazer de Roma uma metrópole europeia. Em síntese, é um bairro residencial com diversos edifícios que se inspiram  no estilo Liberty inglês: duas fileiras de casas com escadas que levam à porta da frente e jardins privados no térreo.

Mas além disso, o Flaminio é um bairro repleto de restaurantes badalados, bares descolados e boutiques luxuosas, sobretudo nos arredores da Ponte Milvio.

O que ver no bairro Flaminio

  • MAXXI, o primeiro museu nacional de arte contemporânea da Itália.
  • Ponte Milvio, uma das mais importantes pontes que cruzam o rio Tibre. Ela foi o palco da célebre batalha entre o imperador Constantino I e seu maior rival, Maxêncio.
  • Piccola Londra, ou Pequena Londres, uma rua que você esperaria no coração de Londres e não em Roma.

 

Garbatella

Antes de tudo, Garbatella é um dos bairros de Roma que mais parecem uma vila, uma cidadezinha do interior. De fato, este bairro contrasta com seus vizinhos muito turísticos. Por ser um lugar mais tranquilo, lá é possível fazer  passeios longe das multidões. Enfim, pinheiros, fontes, belas casas e jardins contribuem muito para manter sua atmosfera única.

Garbatella Bairro de Roma

O que ver na Garbatella

  • Street art. O bairro é repleto de grafites e arte de rua.
  • O Teatro Palladium e três praças muito agradáveis ​​chamadas Benedetto Brin, San Eurosia e Damiano Sauli.
  • Não deixe de observar as construções no chamado estilo “Barochetto”, uma espécie de barroco popular.

 

Gueto Judaico

O antigo gueto, no coração de Roma, tem uma história difícil, mas hoje em dia não é um lugar triste. Na verdade, o núclero deste bairro, a Via del Portico d’Ottavia, fervilha de vida. Você vai encontrar vários bares (kosher), restaurantes e padarias, muitas vezes com um pequeno terraço em frente à porta, e a bela Fonte da Tartaruga.

Gueto Judaico de Roma

O que ver no Gueto Judaico

  • As pedras de tropeço douradas em homenagem às vítimas do Holocausto. Em diversas partes do bairro elas substituem as pedras comuns do calçamento, em frente à entrada do prédio onde morava alguma pessoa deportada na II Guerra Mundial. Nas pedras estão os nomes e as datas de nascimento e morte dos judeus mortos. Na parede de uma das casas da Via della Reginella você pode ver várias placas com símbolos judaicos, como a menorá e a Estrela de Davi.
  • As ruínas do antigo Pórtico de Otávia e o Teatro Marcello, construído no século I a.C.

 

Bairros de Roma: Monti

A maioria dos turistas visita o Coliseu, mas esquece o bairro por trás dele: Monti. Como resultado, eles não apenas perdem o Rione I, o primeiro distrito de Roma, mas também a área residencial mais charmosa do centro histórico de Roma.

Antigamente, esta parte de Roma era um bairro da classe trabalhadora densamente povoado e pobre. Entretanto, hoje em dia o bairro é povoado por artistas, artesãos, designers, arquitetos e escritores, que proporcionam uma atmosfera criativa e boêmia. Em suma, é o lugar para quem procura artesanato, boutiques de moda alternativa, cafés modernos, bares, enotecas, bem como comida de rua da melhor qualidade.

O que ver em Monti

 

Ostiense

Antes de mais nada, entre o final do século XIX e o início do século XX, Ostiense era uma área industrial. Lá viviam principalmente operários.

Bairro Ostiense

Este bairro de Roma é relativamente grande, e fica leste do rio Tibre. Ele começa ao sul de Testaccio, na Pirâmide de Caio Céstio, e continua até o Parco del Ninfeo, onde começa o bairro EUR. Em síntese, é um bairro típico da classe trabalhadora romana, cheio de arte de rua e restaurantes. Além disso, é em Ostiense que fica a segunda maior igreja de Roma, São Paulo Fora dos Muros.

Enfim, a antiga Via Ostiense, construída pelos romanos para ligar a Roma ao porto de Ostia, atravessa o bairro.

O que ver em Ostiense

  • A Basílica de São Paulo Fora dos Muros, uma das basílicas papais
  • Centrale Montemartini, um extraordinário museu de arqueologia industrial

 

Bairros de Roma: Parioli

Parioli é a zona residencial mais chique e sofisticada de Roma, ao norte dos esplêndidos jardins da Villa Borghese. Após a II Guerra Mundial, o bairro atingiu o ápice da notoriedade, chegando a receber estrelas do cinema, do teatro, políticos e pessoas da alta finança. Parioli também é um dos bairros mais verdes de Roma, se não o mais verde.

O que ver no bairro Parioli

  • O Parco della Rimembranza
  • O Parque Acqua Acetosa

 

Testaccio

Ao redor do Monte Testaccio, uma colina artificial de 36 metros de altura, estende-se um bairro popular onde bares e discotecas proporcionam vida noturna. Além disso, é o coração da cozinha romana e, portanto, um verdadeiro paraíso para os comilões. Graças ao grande mercado, aos muitos restaurantes, delicatessens e à longa história culinária, Testaccio é o lugar para estar se você realmente quiser saborear Roma!

O que ver em Testaccio

  • O mercado
  • O cemitério não-católico, um verdadeiro museu a céu aberto graças às diversas estátuas e monumentos.
  • MACRO, o Museu de Arte Contemporânea de Roma

 

Trastevere

Em teoria, na complicada divisão dos bairros de Roma, Trastevere seria uma zona do centro histórico. Mas é muito difícil não pensar em Trastevere como um bairro em si.

Sem dúvida, é um dos lugares que melhor refletem as tradições e culturas populares romanas. Para perceber isso, nada melhor do que passear pelas vielas e praças. Além disso, Trastevere é conhecida por sua vibrante vida noturna. Há inúmeros restaurantes e bares que proporcionam um ambiente animado até tarde da noite.

bairros de roma - trastevere
Basílica de Santa Maria in Trastevere e a praça, que tem o mesmo nome.

O que ver em Trastevere

  • A Basílica de Santa Maria em Trastevere, uma das igrejas mais antigas de Roma, bem como as igrejas de Santa Cecília e São Francisco a Ripa.
  • A Villa Farnesina, onde se encontram duas obras de Rafael.
  •  O Orto Botanico, 12 hectares de jardins espalhados nas encostas do Gianicolo.

Enfim, para conhecer melhor Trastevere, contrate nosso tour privativo e em português!

 

Gostou de saber mais sobre esses Bairros de Roma? Gostaria de visitar alguns deles? Veja nosso Tour dos Bairros de Roma ou entre em contato para solicitar um orçamento!

Deixe uma mensagem pra Edna Costa!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!