A Piazza del Campidoglio e os Museus Capitolinos

piazza del campidoglio

A Piazza del Campidoglio, ou Praça do Capitólio, em português, é uma das praças mais importantes de Roma. Como seu nome indica, ela fica em uma das colinas de Roma, o Monte Capitolino. Esta é a menor das sete colinas romanas, mas a mais importante do ponto de vista político e religioso da Roma Antiga. De fato, em seus dois picos erguiam-se os templos de Júpiter Capitolino e de Hera Moneta, ambos voltados para o Fórum Romano.

Da praça de Aracoeli, sobe-se ao Capitólio pela escadaria desenhada por Michelangelo. Na base estão dois leões egípcios de Campo Marcio, hoje transformados em chafarizes. No topo, você poderá ver Castor e Polux, com seus cavalos, da época imperial, colocados nesta posição em 1583.

A beleza da Piazza del Campidoglio

Durante a visita do imperador Carlos I a Roma, em 1536, o Papa Paulo III sentiu vergonha pelo estado desastroso da colina. Sendo assim, decidiu encomendar a Michelangelo o projeto de uma nova praça.

O grande mestre desenhou a praça orientando-a para a Basílica de São Pedro, que na época era o centro político da cidade. Ele também cuidou da construção de outro palácio, o Palazzo Nuovo, e redesenhou o Palazzo dei Conservatori, harmonizando ambos com o Palácio Senatorio.

Em suma, a Praça do Capitólio destaca-se pela elegância do jogo decorativo do pavimento. No centro dela se encontra a cópia da estátua equestre de Marco Aurélio (a original está no Museu Capitolino). É uma impressionante escultura de bronze que representa o imperador no ato de arengar para a multidão.

Os Museus Capitolinos

Os Museus Capitolinos, ou Musei Capitolini em italiano, são vários museus localizados na Piazza del Campidoglio nos edifícios do Palazzo dei Conservatori e Palazzo Nuovo. Ambos os edifícios estão ligados no subsolo por um corredor. São duas construções gêmeas projetadas por Michelangelo, mas realizadas por Giacomo della Porta e Rainaldi.

A fundação dos Museus Capitolinos remonta a 1471, quando o Papa Sisto IV doou um conjunto de estátuas de bronze de grande valor simbólico ao povo de Roma. As coleções de estátuas, pinturas e outros objetos estão intimamente associadas à cidade de Roma e a maioria das obras vem da própria cidade.

Os Museus Capitolinos na Piazza del Campidoglio

Os Museus Capitolinos abrigam centenas de peças de arte nos vários palácios, todos os quais vale a pena visitar. Mas, devido a vastidão de obras, seria uma missão impossível ver todas em uma única visita. Por isso, para aproveitar melhor, o ideal é visitar o museu com um guia, ou escolher aquelas que mais lhe interessam.

Veja também: Tour pela Galeria Borghese

O Palácio dos Conservadores

Localizado do lado direito da praça, em frente ao Palácio Novo, é a parte dos Museus Capitolinos onse encontram várias estátuas conhecidas. Por exemplo, uma delas é a famosa loba que amamenta os gêmeos Rômulo e Remo, o símbolo de Roma.

Além disso, este paláxio tem um belo pátio com estátuas monumentais, como os restos da estátua do imperador Constantino. Outra obra-prima é a estátua equestre de Marco Aurélio, que é a original em relação àquela da Piazza del Campidoglio. Você também encontrará uma coleção de obras-primas de Caravaggio, Ticiano, Rubens e Van Dyck no 2º andar da Pinacoteca.

Por fim, outra estátua bem conhecida do século I é Lo Spinario, uma estátua de bronze de um menino nu que remove um espinho do pé.

O Palazzo Nuovo

Neste edifício você encontrará principalmente escultura clássica, como a estátua da Gália Moribunda, a Vênus Capitolina, bem como o grupo de esculturas de Eros e Psiquê. Há ainda muitas outras estátuas de eleitores e filósofos romanos.

O Palácio Senatorio na Piazza del Campidoglio

No final da praça encontra-se o Palácio Senatorio, hoje em dia sede da Prefeitura de Roma. Ele também foi projetado por Michelangelo, mas construído por Giacomo della Porta e Girolamo Rainaldi entre 1582 e 1605. O resultado, entretanto, foi um edifício com alterações substanciais em relação ao desenho original.

O acesso é feito por uma escadaria, a qual também foi projetada por Michelangelo. Na fachada, por cima da fonte, encontra-se um nicho com a antiga estátua de Minerva (séc. I). Posteriormente, ela foi coberta com pórfiro e transformada na deusa Roma.

Praça do Capitólio em Roma

Em casa um de seus lados, encontram-se duas estátuas enormes. São as figuras do Nilo (à esquerda) e do Tibre (à direita). Ambas remontam ao século II e pertenciam às Termas de Constantino. Por fim, há ainda uma torre do século XVI, construída por Martino Longhi, o Velho.

 

E então, que tal visitar a Piazza del Campidoglio com um tour guiado privativo e em português? Você pode conhecê-la com nosso Tour das Praças e Fontes de Roma!

Deixe uma mensagem pra Edna Costa!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *